quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Uma Fazenda Colonial

Quem me conhece sabe que sou louca por viagens. Tenho listas e pesquisas sem fim de lugares que não posso deixar de conhecer. Uma das coisas que me deixa mais realizada é quando saio “desbravando” lugares por aí, em busca de “achados” interessantes. Uma verdadeira aventura. No entanto, quando decido e planejo um viagem gosto de exclusividade! Valorizo lugares que se preocupam com os detalhes: uma arquitetura relevante, ambientes bem decorados, uma comida diferenciada, seja ela caseira ou sofisticada. São essas coisas que fazem a diferença e ficam para sempre na lembrança.
Foi assim que, num dia desses, estava em Campinas e fiz meu marido participar de uma dessas aventuras comigo.
Fazia tempo que queria conhecer a Hospedaria Águas Claras, uma fazenda colonial do século XIX em Itapira. A hospedaria faz parte, desde 2001, da prestigiada Rede de Hotéis ‘Roteiros de Charme’, uma associação que seleciona seus membros anualmente pela variedade de suas características e personalidades independentes, segundo rígidos critérios quanto ao conforto, qualidade de serviços e responsabilidade sócio-ambiental,  sempre de forma economicamente viável e sustentável. Eu adoro!!!


A viagem:

De Campinas à Itapira são aproximadamente 30Km. No entanto, o caminho para chegar até a centenária fazenda é uma "viagem" a parte.... São 9km de estrada de terra e uma paisagem linda.

Chegando lá, mesmo sem conseguir marcar a visita, (descobrimos apenas depois que haviam roubado os fios de telefonia) fomos muito bem recebidos pelo Sr. Neno, funcionário local que, mesmo estando totamente ocupado com os hóspedes, almoço..., nos atendeu de forma exemplar.


Localizada no casarão histórico da fazenda, cuja construção data de 1870, a Hospedaria oferece aos seus hóspedes a opotunidade de uma experiência vivencial dentro de uma fazenda cafeeira do século XIX em plena atividade.



Na casa sede estão o restaurante, a sala de TV e vídeo com lareira e biblioteca, a sala de estar com lareira e ainda uma sala de banhos, com sauna úmida, à Vapor, ducha e hidromassagens. Nas antigas tulhas de café da Fazenda funciona a recepção juntamente com o Salão de jogos (carteado e bilhar) e o bar de Café e Cachaças.

Infelizmente, não havia mais lugar para hospedagem naquele final de semana. É claro, a vontade era de ficar. Uma mesa muito convidativa estava pronta a espera dos hóspedes que descansavam tranquilamente à beira da piscina. A sensação era de que o tempo havia parado para todos alí. Descobri, mais tarde, que nas dependências não havia televisão e o acesso à internet era restrito apenas às áreas sociais coletivas. Achei o máximo, pois, quando estamos alí o desejo é realmente se desligar - literalmente - de tudo!
 


UM POUCO DE HISTÓRIA

De terras privilegiadas, relevo montanhoso e água abundante, a Fazenda Águas Claras surgiu com a vinda do café para o interior paulista. Após o declínio das plantações cafeeiras nas grandes fazendas do vale do Paraíba, o café alcançou uma nova fase de desenvolvimento, impulsionado pela facilidade de transporte com a construção da ferrovia dos ingleses em 1867 e com a ajuda da substituição da mão-de-obra escrava por imigrantes italianos, sendo chamado nesta época de “ouro verde”.

Assim que formados os cafezais da Águas Claras, por volta de 1870, foram construídas pela família do Comendador Araújo Cintra a casa-sede, as tulhas e a marcenaria, todas com paredes de taipa-de-pilão, e o imenso terreiro para a lavagem e secagem do café, inteiramente ladrilhado com lajotas de barro e em pleno funcionamento até hoje. À este típico quadrilátero da arquitetura cafeeira, foi incorporada por volta de 1940 uma outra casa-sede de maior e de novo formato, com um fato raro de preservação histórica: a construção foi feita ao lado da antiga casa-sede da faze17, onde hoje funciona a charmosa Hospedaria Águas Claras – Fazenda Ambiental.

Todo este complexo arquitetônico encontra-se muito bem conservado e a antiga casa-sede foi cuidadosamente restaurada preservando suas características originais. Foram feitas algumas adaptações no casarão histórico para seus visitantes serem recebidos com conforto e requinte. A rusticidade das madeiras nobres aparentes e os alto-relevos que decoram portas e janelas, transmitem uma sensação de delicadeza e aconchego, aguçados pelos inúmeros detalhes encontrados nos quatro cantos deste recanto.

Nos jardins, palmeiras imperiais, primaveras e espatódeas dão o tom das cores o ano inteiro, sempre ao lado de árvores nativas, flores exóticas, peças e utensílios centenários, envolvendo a faze17 num paisagismo peculiar.
Desde o início, o projeto de adaptação da Fazenda Águas Claras para o turismo rural, obedeceu a alguns critérios pré-estabelecidos, dos quais, os mais importantes são a valorização histórica-cultural, a manutenção das atividades agro-silvo-pastoris e a preservação da natureza, garantindo o desenvolvimento do turismo sustentado na propriedade. Com base nesses critérios, a marca Fazenda Ambiental é responsável pelo planejamento, controle e divulgação do empreendimento.


2 comentários:

  1. Que lugar lindo! Ótima dica.. pretendo visitar em breve!

    ResponderExcluir
  2. Que bom que vocë gostou. Vale a pena a visita. Abraços.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário